The Night Of resolve seu crime, mas não entrega respostas fáceis | Spoilers

The Night Of resolve seu crime, mas não entrega respostas fáceis

Este post contém alguns detalhes da primeira temporada de The Night Of.

thenightof

Foi ao ar na última semana a oitava e final parte da minissérie da HBO The Night Of, estrelada por John Turturro como o advogado de porta de cadeia John Stone e Riz Ahmed como Nazir “Naz” Khan, estudante incriminado pelo assassinato da jovem Andrea, interpretada por Sofia Black D’Elia.

Construída ao redor da mesma dúvida que serviu de apelo para os argumentos finais de Stone – Naz realmente matou Andrea? – The Night Of foi concebida para nos colocar no lugar de um jovem presumidamente inocente que se torna vítima de um sistema que tem como objetivo servir à justiça, mas que para isso usa meios que nem sempre se mostram eficientes.

Ao longo dos oito longos episódios, The Night Of quis nos apresentar a todas as etapas e facetas desse processo, e deu mais silêncios do que explicações. A minissérie descansou confortavelmente nas sugestões por trás de olhares trocados por personagens em lugares escuros. Em parte, o clima soturno ajudou a construir uma série que, mesmo com um final que ensaia uma conclusão pseudo-positiva para ambos os seus protagonistas, não podia ter terminado “feliz” em nenhuma escala.

O sistema pouco exige que personagens como o investigador prestes a se aposentar Box (Bill Camp) e a promotora Helen Weiss (Jeannie Berlin) aprofundem suas teorias da morte de Andrea além do consistente caso contra Naz. É apenas na reta final, após uma série de ações individuais de personagens com suas próprias agendas, que as diferentes camadas e inconsistências do crime se revelam. Enquanto essas revelações demoram a aparecer, a série questiona se o estrago realizado pelo processo poderá ser reparado. No caso da mãe de Naz, em uma ótima atuação silenciosa de Poorna Jagannathan, vemos um resultado sombrio: o processo transformou, provavelmente de maneira irreparável, a relação dela com o filho.

Outras personagens mulheres de The Night Of, no entanto, são menos servidas pelo roteiro de uma forma que não está relacionada apenas ao ambiente claustrofóbico natural da série. Como Andrea, cuja aparição no final representa uma espécie de assombração que Naz carregaria com ele a partir para o resto da sua vida, e a advogada Chandra Kapoor (Amara Karan), que toma decisões bruscas que minam seu caráter e parecem ter como objetivo apenas devolver o protagonismo para Stone.

A série teve na atuação de Ahmed como protagonista um de seus maiores trunfos. Ao longo dos episódios, o ator milimetricamente desconstrói a pessoa de Naz, de modo que sua chegada na série como um personagem ingênuo e assustado constratasse com sua partida, quando nos deparamos com um homem transformado por um sistema que o puniu antes da sua condenação  graças à investigação policial sem rigor.

Para o experiente Turturro, o roteiro de The Night Of não ofereceu todas as mesmas nuances que deu a Ahmed, já que sua possível transformação recaiu na ideia de que sua aflição física – os pés sofrendo de um vicioso ataque de dermatite – era uma metáfora para seus conflitos internos. Na reta final, as feridas sobrepujaram a atuação de Turturro, que se entrega a elas como um personagem que, ao invés de tentar consertar suas falhas, deveria abraçá-las, pois elas os tornariam mais humano.

Embora a série queira considerar Stone nesse papel, a verdade é que The Night Of não apresentou um grande herói para livrar Naz da prisão, e assim não exige que seus personagens nos envolvam da mesma forma que faz seu protagonista. Com uma atmosfera sombria construída de forma impecável pela direção com ângulos inovadores, cuidado com o som e fotografia caprichada, The Night Of constrói um mundo onde a justiça não é consequência do sistema que leva seu nome, e sim de ações individuais. A verdadeira história, entretanto, está nos efeitos irreversíveis de se esperar por elas.

Lembrando que a série está disponível na HBO Go para aqueles que querem reassistir ou então pra você que perdeu a exibição na HBO Brasil. 

Este post é um oferecimento da HBO.

[Crédito das imagens: Divulgação/HBO]