Os crushes da equipe feminina do Spoilers | Spoilers

Os crushes da equipe feminina do Spoilers

É fato: todo aficionado em série que se preze acaba nutrindo uma paixãozinha por algum personagem das séries que acompanha. Tanto tempo acompanhando, sempre tem alguém que chama nossa atenção, pode ser protagonista, coadjuvante e até participação especial, uma hora o crush sempre acontece. E com a equipe do Spoilers não poderia ser diferente, o difícil aqui foi escolher entre tantos quais seriam citados aqui.

Marília Neves

Série: Pushing Daisies

Crush: Ned “the Pie Maker”

Motivos do crush: Pushing Daisies em geral foi uma série amor à primeira vista: visual lindo, plot bacana e personagens altamente carismáticos e cativantes. E o protagonista: Ned – o fazedor de tortas. Ah Ned, o homem fazia tortas, era completamente fiel e apaixonado pela mesma garota desde a infância (seu primeiro beijo), e mesmo sabendo que um relacionamento físico entre os dois era impossível ele acreditava que o amor entre os dois poderia de alguma forma ir além disso. E claro ser lindo e alto também ajudava muito.

Série: The O.C

Crush: Seth Cohen

Motivos do crush: Nos idos de 2006 o SBT começou a anunciar a série The O.C – um estranho no paraíso, nunca tinha começado a assistir nenhuma série do início, resolvi ver como era. E lá estava ele: desajeitado, falastrão, nerd e pra variar outro desses apaixonados de longa data. Não deu outra, foi amor à primeira vista por Seth Cohen. E fala a verdade quem não gostaria de ouvir uma declaração de amor como aquela da primeira temporada, quando ele sobe em cima da mesa na frente de toda a escola e pede pra que a Summer assuma ele de uma vez por todas?

Mel Andrade

Série: New Girl

Crush: Nick Miller

Motivos do crush: De todos os rapazes de New Girl, Nick é o mais relaxado, preguiçoso, alma de velho, mas também é o mais engraçado e, aparentemente, o mais bem resolvido consigo mesmo. Ele sempre fez meu coração palpitar de cum força. Nick é o cara durão de bom coração (rimou!) que eu iria me agarrar no cinema, na balada, no elevador, no corredor e depois ia querer levar para casar.

Série: Orange is The New Black

Crush: Alex Vause

Motivos do crush: Alex é a mulher por quem eu definitivamente traficaria drogas, órgãos, especiarias da Ásia e faria de tudo para ser presa com ela. Piper, te entendo, mulher. Não preciso falar muito, é tesão acumulado na certa.

Carol Souza

Série: Charmed

Crush: Cole Turner/The Source of All Evil

Motivos do crush: o cara podia te tornar rainha do Underworld. Precisa mais?

Série: Young Americans

Crush: Hamilton Fleming

Motivos do crush: Young Americans é uma série dos anos 2000 que falava sobre a vida de um grupo de amigos numa escola de elite americana. Eu olhei os 8 episódios apaiaxonadíssima pelo Ian Somerhalder baby, um cara que tem um bromance de boas com um amigo, mas que depois descobre que o amigo era a Katherine Moennig travestida. Fofo, querido, inteligente e prafrentex.

Sandrine Knopp

Série: Criminal Minds

Crush: Dr. Spencer Reid

Motivos do crush: Num belo dia, em 2006, a (nem tão) pequena Sandrine estava zapeando a sua TV, até parar num programa detetivesco, com agentes do FBI tentando desvendar um crime. Imediatamente um magrelo, alto, com carinha de pirralho e jeitinho awkward/doce chamou minha atenção. Plus, ele é um gênio, com trocentas graduações, QI de 187, memória eidética e capacidade de ler 20.000 palavras por minuto. Smart is the new sexy, e se isso não for o bastante, ele também consegue seduzir as cocotas com mágica E é fã de Doctor Who.

Série: Torchwood

Crush: Ianto Jones

Motivos do crush: How do I even begin to describe Ianto Jones? Ele faz café, fica bem de terno, arruma a bagunça da equipe e faz hora extra com o Jack. Por amor ele entrou pra Torchwood, e por amor ele ficou. Ianto era o coração da série e só alguém sem um conseguiria não se apaixonar por ele.

Série: Shameless US

Crush: Lip Gallagher

Motivos do crush: Gênio incompreendido, romântico incurável, too cool for school misturado com irmão mais velho cuidadoso e preocupado com a família (e somente com a parte da família que merece!). Lip Gallagher é uma explosão de sentimentos intensos e mal resolvidos pronto pra entrar na sua vida e te trazer problemas que você nunca imaginou que poderiam existir, por que ninguém disse que ia ser fácil, mas você nunca vai achar alguém tão disposto a encarar a vida e os problemas em conjunto como ele!

Sylvia Ferrari

Série: Fringe

Crush: Peter Bishop

Motivos do crush: quem nunca quis um namorado  inteligentíssimo, metido com espionagem hacker, gatinho, atencioso? Coisa de outro mundo, né? (sorry, foi impossível não perder a piada) Lógico que o boy não é dos mais atencioso e pode te confundir com a sua versão vinda de outro universo, mas nada que uma longa DR e uma missão para salvar a humanidade não resolva esse pequeno incidente.

Série: Elementary

Crush: Sherlock Holmes

Motivos do crush: SHERLOCK HOLMES! Quase que auto-explicativo. Este novo Holmes super hipster mora no bairro mais descolado de NY, Williamsburg, é um gênio e (O MAIS IMPORTANTE) admira e ama mulheres inteligente. Não é um máximo? Além de ser todo tatuado e sustentar bem um look sem camisa. Ah, lógico, sotaque inglês e bom gosto <3. Holmes, me liga!

Leticia Arcoverde

Série: Gilmore Girls

Crush: Jess

Motivos do crush: Crush no bad boy, quem nunca? Mas ao contrário de um Draco Malfoy da vida (cujas fãs obcecadas obrigaram JK Rowling a mandar um “gente, para com isso, vocês não vão conseguir consertá-lo”), Jess era mais que do que encrenca, era a versão segura, culta, inteligente e PG-13 do bad boy. Ele vinha com a fama, mas no fundo era realmente um cara do bem, que se fechava porque tinha um passado meio problemático e porque – assim como você, ou melhor, Rory – achava aquela cidadezinha de interior pequena demais para suas ambições. E ainda vinha com um tio dono de cafeteria (café de graça: super bônus).

Fernanda Sgroglia

Série: Angel

Crush: Wesley

Motivos do crush: Falar do meu crush pelo Wesley é dificil, já que primeiro amor por personagem fictício a gente não esquece. Ele era incrível, inteligente, super nerd, mal compreendido, mal amado, solitário, mas mesmo assim era um bom amigo… como ele era o coitado, tudo de ruim aconteceu com ele ao longo das cinco temporadas de Angel, e obviamente ele virou um bad boy, ele ficou dark e meio malvado, quase cedeu para o lado negro da força (Lilah Morgan) mas o amor da Fred o salvou, e ele voltou a integrar a gangue de justiceiros do Angel. Mas como eu disse, ele era o coitado, então quando finalmente ele conseguiu conquistar o amor da Fred e eles FINALMENTE ficaram juntos o corpo dela foi ocupado por um espirito antigo, a Illyria, que acabou matando a Fred e o amor dele pela vida… é, a vida não é bolinho!

Ká Sartório

Série: Dexter

Crush: Dexter Morgan

Motivos do crush: parece ao mesmo tempo auto-explicativo e extremamente difícil de explicar. Moço delícia, paizão… com um dark passenger tenso. Mas não é que dá uma vontadinha de olhar para o outro lado? Afinal, não temos todos um dark passenger?

[Créditos das imagens: Reprodução ABC/Fox/Netflix/CW/CBS/BBC/Showtime]